Apenas Heitor Freire, do PSL, se posicionou a favor da proposta que tramita na Câmara dos Deputados

Segundo levantamento do Diário do Nordeste divulgado nesta terça-feira, 16 de abril, 21 dos 22 deputados federais eleitos pelo estado do Ceará são contra a reforma da Previdência, nos termos da PEC 006/2019. Apenas o deputado Heitor Freire, do PSL – que fechou questão a favor do texto e ameaça expulsar parlamentares que contrariarem a decisão – se manifestou a favor da proposta, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.  

Os pontos mais criticados pelos parlamentares cearenses são as mudanças na aposentadoria rural, que passa a exigir a comprovação de 20 anos de contribuição, e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), que reduz o valor de um salário mínimo para R$ 400,00. À reportagem, alguns parlamentares admitiram a possibilidade de mudar o voto, caso esses pontos, que impactam diretamente a população mais pobre, sejam alterados. 

REDUTO DE RESISTÊNCIA

Outra grande demonstração de resistência à PEC 006/2019 vinda do Nordeste acaba de completar um mês. No dia 14 de março, os nove governadores da região lançaram uma Carta contra a reforma da Previdência. No documento, eles criticam o sistema de capitalização, a desconstitucionalização das regras, as mudanças no BPC e nas aposentadorias rurais.  Leia a íntegra do documento abaixo. 

Com informações do Diário do Nordeste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s