Slogan “Quem ganha mais paga mais” do Governo em relação à reforma da Previdência cai

Já ouviu falar no argumento do Governo que “quem ganha mais paga mais”? Esqueça. Veja aqui algumas verdades sobre a reforma da Previdência, em especial à alíquota progressiva de contribuição previdenciária.

Pela nova tabela, para quem ganha R$ 998,01 até R$ 2.000,00, a alíquota efetiva vai variar de 7,5% a 8,25%; de R$ 2000,01 a R$ 3000,00, a alíquota será de 8,25% a 9,5%; de R$ 3000,01 a R$ 5839,45 de 9,5% a 11,68%. Porém, o que o Governo esconde da população é que a diminuição de 0,5% na alíquota para quem ganha até um salário mínimo, na realidade, será de uma redução de apenas R$ 4,98; em contrapartida, o brasileiro precisará trabalhar cinco anos a mais para garantir o benefício.

Para os servidores públicos, haverá faixas adicionais de alíquotas. De R$ 5.839,46 até R$ 10.000,00, a alíquota efetiva será 11,68 até 12,86%; de R$ 10,000,01 a R$ 20.000, a alíquota sobe de 12,86% a 14,68%; de R$ 20.000,01 a R$ 39.000,00, as alíquotas de 14,68% a 16,79% e acima de R$ 39.000, a alíquota será superior a 16,79% (máximo de 22%).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s